Hospital Central da Aeronáutica.

Introdução

ITU complicada é uma condição clínica associada a uma anormalidade do trato urinário ou a presença de alguma doença imunossupressora de base, aumentando o risco de contrair a infecção ou reduzir o sucesso terapêutico (Barbosa et al, 2016).

As infecções de trato urinário formadoras de gás são causadas, em sua maioria, por bactérias gram-negativas, onde se destaca a Escherichia coli. Essas infecções ocorrem em 90% dos casos em pacientes diabéticos. A obstrução infra vesical decorrente de hiperplasia prostática leva a estase urinária e favorece a ITU (Nardi et al, Urologia Brasil, 2013).

A seguir, apresentamos o caso de um paciente portador de diabetes melitus e hiperplasia prostática com quadro de abscesso prostático enfisematoso.

Relato de Caso

Paciente D.R., masculino, 80 anos, hipertenso, diabético, com história de queda do estado geral e desorientação. Foi admitido na emergência do Hospital de Aeronáutica dos Afonsos, exames laboratoriais mostravam 34.000 leucócitos, 12 bastões, EAS com piúria intensa e aumento das escórias nitrogenadas. Foi iniciado tratamento com piperacilina + tazobactan. Evoluindo com piora clinico-laboratorial, sendo então realizado tomografia computadorizada que evidenciou abcesso prostático enfisematoso. Foi transferido para a unidade de terapia intensiva do Hospital Central da Aeronáutica onde necessitou de abordagem cirúrgica, pela equipe da urologia, sendo realizado prostatectomia transvesical com drenagem de grande quantidade de secreção purulenta e gás de loja prostática e retirada do adenoma.  Necessitou de cuidados de terapia intensiva e hemodiálise. Evoluiu com progressiva melhora clínica e laboratorial com recuperação de função renal.

Cultura de urina mostrou crescimento de E. Coli.

Discussão

O abscesso prostático enfisematoso é uma emergência urológica, caracterizada por infecção necrotizante do tecido prostático, causada por patógenos produtores de gás. A grande maioria dos pacientes possuem diabetes mellitus e apresentam obstrução do trato urinário (HPB). O tratamento da ITU complicada consiste em três objetivos: correção da anormalidade urológica, quando presente e possível; terapia antimicrobiana adequada e suporte hospitalar.

figura-1-e-2

Referências

  1. Urologia Brasil/Aguinaldo Cesar Nardi… (et al.). –São Paulo: PlanMark;Rio de |Janeiro: SBU- Sociedade Brasileira de Urologia,2013
  2. BARBOSA R, et al. Relato de Caso Clínico: Pielonefrite Enfisematosa. REVISTA UROABC, abril,2016